Tag Archives: assassinato em Quatro Barras

Feriado violento em Quatro Barras, dois assassinatos em dois dias.

20 fev

Na madrugada de sábado (18), o jovem Willer Leite Prestes, de 21 anos, foi morto  com vários tiros no meio da rua  Severiano Rolim de Moura, no bairro Jardim Pinheiros (Humaitá), em Quatro Barras. Ele era casado e pai de uma filha de oito meses. Segundo a polícia, a esposa da vítima teria relatado que Prestes seria viciado em drogas e isso pode ser o motivo da sua morte.

Policiais militares, a perita da criminalística, muitos curiosos e o jovem caído, assassinado com cinco tiros.

Na noite de domingo (19), por volta das 20h, o jovem Maicon dos Santos Souza, nascido em 4/11/93 (18 anos), foi vítima de assassinato na Rua Pedro Câmbio Cortiano, bairro Jardim Pinheiros, Humaitá. De acordo com a perita Clarisce, da Criminalística, ele foi alvejado com cinco tiros (um no ombro e quatro no rosto, lateral esquerda). Conforme informações do soldado PM Antunes, o jovem estava de carona com um amigo, quando acabou o combustível, o motorista desceu e se deslocou até um telefone público para pedir ajuda. Nesse instante ouviu alguns disparos, quando correu e alcançou seu veículo, encontrou seu amigo atingido.

Soldado PM Antunes, durante coletiva para a imprensa.

Maicon residiu no bairro Itapira e Jardim Menino Deus, por último, morava no Jardim Paulista, em CGSul. No local, ninguém soube informar o motivo do homicídio.

A ocorrência foi atendida pelos soldados PM Antunes, Vieira e Carneiro; e também pelos agentes de segurança, da Secretaria Municipal de Ordem Pública, Roberto Bezerra e Carlão.

Empresário do ramo de guincho é assassinado em Quatro Barras

29 dez

Luiggi era bem conhecido na região.

Hoje (29), por volta das 8h, o empresário Luiggi Santos Braga de 36 anos,  foi levar a namorada no hospital Caron, onde ela trabalha, e quando chegou em casa, parou sua caminhonete na sua oficina (Auto Socorro Ventura-ao lado da trincheira que segue para Borda do Campo e Serra da Baitaca) e, ao caminhar para sua casa, que fica cerca de 20 metros da oficina, foi abordado pelos marginais.

Três rapazes que caminhavam perto da casa de Luiggi o chamaram e efetuaram os disparos, ele caiu no chão sem vida com seis tiros.

Uma funcionária do estabelecimento que ao ouvir os estampidos saiu para ver, foi ameaçada pelos bandidos, que fugiram a pé.

A vítima trabalhava como guincheiro, e de acordo com a família ele não tinha recebido nenhuma ameaça.

A ocorrência foi atendida pelo cabo Ramalho e soldadoLopes, a polícia civil investiga o caso.

O empresário tinha 36 anos, e foi alvejado com seis tiros.

Menores envolvidos no assassinato de Anderson Abner comparecem pela 3ª vez no Fórum

6 dez

Familiares e amigos solidários ao jovem de menor M.

Os menores  de 16 e 17 anos envolvidos no assassinato de Anderson Abner Oliveira dos Santos compareceram hoje (6), às 13h no Fórum da Comarca para prestarem depoimento pela terceira vez, (estiveram nos dias 18 e 29/11). Na primeira audiência, compareceram somente os dois menores, M. e J. / Na segunda audiência, foram ouvidas as testemunhas de acusação e as de defesa do jovem de 17 anos M. / Hoje, na terceira audiência foram ouvidas as testemunhas do menor de 16 anos J.

DE MAIOR ESTÁ FORAGIDO

Foi decretado a prisão preventiva do terceiro jovem envolvido no assassinato, e que de acordo com os menores, este, de maior seria o que desferiu as facadas, ele está foragido.

SOLIDARIEDADE DOS FAMILIARES E AMIGOS DOS DOIS RAPAZES MENORES

Abraçando familiar, momento de saudade e quem sabe, arrependimento.

Hoje, a cena em frente às dependências do Fórum, mudaram com relação ao primeiro comparecimento dos jovens. Na primeira audiência, familiares e amigos do rapaz assassinado, Anderson Abner, compareceram para protestar por justiça. Na data de hoje, um grande número de familiares e amigos dos dois rapazes marcaram presença, sendo solidários à dupla de menor. De acordo com informações que a reportagem obteve, a sentença será proferida antes do Natal.

OPINIÃO

A dor que o casal Alice e João estão sentindo, é dilacerante. Ninguém pode imaginar e nem tentar estar no lugar deles. Só quem perdeu um filho numa situação igual a esta, trágica, tem ideia desse sentimento de perda.

Quanto aos casais, pais dos dois rapazes de menor, envolvidos neste caso, com certeza estão passando por uma situação difícil, a de tentar provar a inocência dos filhos que na noite da tragédia estavam no local, onde ocorreu o homicídio.

Abraços e lágrimas, demonstravam a saudade.

Observei bem os jovens, na 1ª vez em que os vi, e hoje. Com certeza absoluta posso concluir e dizer, é lamentável que dois meninos, que ainda nem sabem caminhar para a vida com suas próprias pernas, (dependem dos pais para comer, se vestir e estudar), estejam marcados numa tragédia dessa proporção. Vale a reflexão para nós, pais. Onde está o erro? Os pais não educaram o suficiente? Não ensinaram a Não Matar e Não Roubar? Os princípios da ética para a vida, o respeito ao próximo, quem falhou? Quando os filhos erravam, os pais passavam as mãos na cabeça, e em seguida perdoavam como se nada tivesse acontecido? Muito difícil dizer, quem são os culpado neste momento.

Vale a reflexão, repreenda severamente o seu filho hoje, e o “livre” de uma prisão amanhã.

Amigos e familiares observam os dois menores serem conduzidos de volta para o SAS, onde permanecerão até serem julgados. (Fotos: Cris Fortes)

Interrogatório de menores aconteceu hoje no Fórum da Comarca

18 nov

Envolvidos no assassinato do jovem Anderson Abner de Quatro Barras foram ouvidos hoje no Fórum

Acusados de crime em Quatro Barras prestaram depoimento perante a juíza Paula Priscila Candeo Haddad Figueira. A liberdade dos menores envolvidos é descartada, eles foram encaminhados para um abrigo provisório para menores – SAS (Serviço de Assistência Social), onde ficarão em regime fechado até o julgamento.

Foram interrogados no início da tarde de hoje, às 13h, os dois menores envolvidos no assassinato de Anderson Abner Oliveira dos Santos (18ª).

Eles foram ouvidos no Fórum Criminal da Comarca acompanhados de seus advogados, e do lado de fora os dois casais, pais dos menores também estiveram presentes.

Quem presidiu o interrogatório foi a juíza da vara criminal da Comarca de Campina Grande do Sul, Paula Priscila Candeo Haddad Figueira. Porém ela recusa-se a dar declarações à imprensa, por alegar que o processo está em segredo de justiça por ter menores envolvidos no assassinato.

Os menores envolvidos no assassinato e a mãe de Anderson revoltada em ver os assassinos do filho

FAMÍLIA DO JOVEM ASSASSINADO, ANDERSON ABNER FEZ PROTESTO NO FÓRUM

Os pais Alice e João, familiares e amigos de Anderson Abner Oliveira dos Santos, estiveram presentes em frente ao Fórum para protestar por justiça.

Continuar lendo

Mãe indignada faz apelo à justiça

31 out

Filho foi morto com requintes de crueldade, assassinos estão soltos

Anderson Abner Oliveira dos Santos, 18 anos, (dia 28/10 faria aniversário), foi assassinado com requintes de crueldade, com mais de 20 facadas, por colegas de colégio que frequentavam sua casa.

A senhora Alice Lacerda Oliveira dos Santos, em lágrimas relata sobre a tragédia que abateu sua família.

“O Anderson era um menino bom. Mataram meu filho sem dó e nem piedade. Foram os amigos dele que freqüentavam minha casa, que vieram com ele aqui e foram bem recebidos. Esses meninos tiraram a vida do meu filho, com mais de 20 facadas”, este foi o desabafo de uma mãe inconformada.

Continuar lendo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.