Pelos cães abandonados e contra a corrupção, isso me faz ser “MAIS FORTES”

16 jul

Bom dia amigos, conhecidos e seguidores q buscam estar inteirados sobre as notícias de QB.Eu quero dizer, q não me sinto intimidada ou preocupada com ameaças ou um possível “atentado” contra minha pessoa. Desde 2009 trabalho com reportagem investigativa, fui agredida dentro da prefeitura de QB por um secretário de governo por descobrir falcatruas do mesmo. Tentaram me inibir, porém o meu dever de cidadã e profissional, não deixaram-me intimidar. Continuo investigando, produzindo reportagens, elaborando dossiê com denúncias e encaminhando ao Ministério Público. Diga-se q a primeira foi sobre o Nepotismo (2009), alertado, o prefeito promoveu um concurso público e coincidência, todos os parentes NEPOTES foram aprovados e nomeados efetivos…..MP sentou em cima. Outras tantas foram protocoladas, ocorreram mudanças no MP e as investigações avançam. JURÍDICO da prefeitura não para de se “justificar” ao MP (atual) q no cumprimento do dever, avalia meus protocolos, promove a denúncia e inicia os procedimentos. Prefeito, Vereadores, secretários e empresários (q sempre vencem as licitações) estão sendo investigados SIM! Eu confio em Deus, e tbm acredito que o PODER JUDICIÁRIO com profissionais altamente qualificados deverão dar um basta à CORRUPÇÃO e TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS q tomou conta em nosso município. Aos q me chamam de #louca  por defender e cuidar de cães abandonados e não temer os xerifes da nossa QB, garanto-lhes q estou na mais plena sã consciência, deito e durmo tranquila….com a certeza de q a minha parte estou fazendo todos os dias.

https://cristianefortes.wordpress.com/2011/03/27/jornal-metropolitans-nepotismo/

http://www.bemparana.com.br/metropole/index.php/2009/07/02/prefeito-emprega-parentes-e-compara-nepotismo-do-antecessor/

Resultado e contratação da Guarda Patrimonial da prefeitura de Quatro Barras será investigada pelo Ministério Público

15 jul
O vereador Leonardo Presa esteve conversando com o Promotor de Justiça da Comarca - (Patrimônio Público e Meio Ambiente), Dr Gustavo Bravo, e foi instruído sobre os procedimentos a serem adotados.

O vereador Leonardo Presa esteve conversando com o Promotor de Justiça da Comarca – (Patrimônio Público e Meio Ambiente), Dr Gustavo Bravo, e foi instruído sobre os procedimentos a serem adotados.

Aprovados que não foram comunicados para assumirem vaga devem entrar com mandato de segurança conforme instruiu promotor de justiça da Comarca

Em junho de 2014, a prefeitura municipal de Quatro Barras, realizou as provas de conhecimentos gerais para os inscritos que concorreram há mais de 80 vagas no concurso público municipal.

Dentre as ofertas, constava UMA VAGA para o cargo efetivo de GUARDA PATRIMONIAL, com salário inicial de R$ 1072,90 (hum mil e setenta e dois reais e noventa centavos). Sessenta e sete pessoas foram aprovadas com nota superior a 5,0.

Até o final do mês de dezembro, os servidores comissionados que atuavam na Secretaria de Ordem Pública (156), estavam nomeados como Assessor Técnico de Ordem Pública com remuneração mensal de R$ 1.700,00.

Com a exoneração dos comissionados do 156, no início de 2015 iniciaram o chamamento dos aprovados para Guarda Patrimonial do concurso público de 2014.

Constava no edital do concurso apenas uma vaga, porém a prefeitura já fez o chamamento de 29 Guardas Patrimoniais.

Acompanhe a listagem dos aprovados e quais foram chamados e contratados.

1º lugar – Vilmar nota 9,64 – CONTRATADO (1)

2º lugar – Valdemir nota 9,00 – x

3º lugar – Luciano nota 8,82 – CONTRATADO (2)

4º lugar – Cassiano nota 8,82 – CONTRATADO (3)

5º lugar – Jeferson nota 8,82 – CONTRATADO (4)

6º lugar – Ronaldo nota 8,78 – x

7º lugar – Gracieli nota 8,78 – x

8º lugar – Fábio H. nota 8,72 – x

9º lugar – Geison nota 8,64 – x

10º lugar – Eduardo nota 8,64 – x

11º lugar – Claudinei nota 8,60 – x

12º lugar – Edson L. nota 8,54 – x

13º lugar – Andressa Suzi nota 8,50 – x

14º lugar –Silas nota 8,46 – x

15º lugar – Fernando nota 8,32 – x

16º lugar – Victor nota 8,22 – x

17º lugar – Ivonei nota 8,14 – CONTRATADO (5)

18º lugar – Thalys nota 8,14 – CONTRATADO (6)

19º lugar – Marcelo Vaz nota 8,10 – CONTRATADO (7)

20º lugar – Renato nota 8,10 – x

21º lugar – Adriano nota 8,10 – x

22º lugar – Alex Alexandre nota 8,04 – CONTRATADO (8)

23º lugar – Marcelo nota 7,95 – CONTRATADO (9)

24º lugar – Eude nota 7,95 – x

25º lugar – Julio nota 7,92 – CONTRATADO (10)

26º lugar – Cleyton nota 7,86 – x

27º lugar – Almir nota 7,82 – CONTRATADO (11)

28º lugar – Antonio Carlos nota 7,64 – x

29º lugar – Luis A. nota 7,64 – x

30º lugar – Augusto nota 7,64 – x

31º lugar – Luis F. nota 7,60 – x

32º lugar – Laureano nota 7,50 – x

33º lugar – Maicon nota 7,50 – x

34º lugar – Manuela nota 7,36 – CONTRATADA (12)

35º lugar – Renato nota 7,36 – CONTRATADO (13)

36º lugar- Flávio nota 7,22 – CONTRATADO (14)

37º lugar – Cleverson nota 7,18 – x

38º lugar – Djalma nota 7,14 – CONTRATADO (15)

39º lugar – Genilson nota 7,14 – x

40º lugar – Carlos nota 7,00 – CONTRATADO (16)

41º lugar – Billy nota 6,95 – x

42º lugar – Divanei nota 6,86 – x

43º lugar – Elso nota 6,82 – CONTRATADO (17)

44º lugar – José C. nota 6,78 – x

45º lugar – Weslei nota 6,74 – x

46º lugar – Aguinaldo nota 6,64 – x

47º lugar – Adriano nota 6,64 – CONTRATADO (18)

48º lugar – José nota 6,64 – CONTRATADO (19)

49º lugar – Izaque nota 6,60 – CONTRATADO (20)

50º lugar – Everson nota 6,54 – CONTRATADO (21)

51º lugar – Juliano nota 6,50 – CONTRATADO (22)

52º lugar – Nelson nota 6,46 – x

53º lugar – Izaias nota 6,32 – CONTRATADO (23)

54º lugar – Cleonice nota 6,32 – x

55º lugar – Marcos nota 6,32 – x

56º lugar – Michel nota 6,32 – CONTRATADO (24)

57º lugar – Vania nota 6,18 – x

58º lugar – Juarez nota 6,04 – x

59º lugar – Jaip nota 6,04 – CONTRATADO (25)

60º lugar – Germano nota 5,82 – CONTRATADO (26)

61º lugar – Olivir nota 5,68 – CONTRATADO (27)

62º lugar – Fábio dos Santos nota 5,54 – CONTRATADO (28)

63º lugar – Adilson nota 5,50 – CONTRATADO (29)

64º lugar – Sonia nota 5,42 – x

65º lugar – Antonio nota 5,42 – x

66º lugar – Izaias C. nota 5,36 – x

67º lugar – Ivonete nota 5,22 – x

Ocorre que grande parte dos aprovados para Guarda Patrimonial não tinham a formação para atuarem como Guardas Municipais. Dessa forma a prefeitura de Quatro Barras, encaminhou-os para fazerem um curso e adquirir conhecimentos para receberem a nomeação de Guardas Municipais.

Diante de tanta polêmica e questionamentos da população devido o gestor público fazer a alteração sem comunicar a câmara municipal, ou mesmo sem ter enviado decreto alterando a Lei, o vereador Leonardo Presa, protocolou pedido de informações ao Poder Executivo sobre a alteração de Guarda Patrimonial para Guarda Municipal, resultado do concurso público e ordem de chamamento.

Na segunda feira (6), o Presidente do Legislativo Toto Creplive, não colocou em pauta o referido requerimento, após esta sessão plenária os vereadores Toto, Gilsinho, Maurinho, Claujunior, Vandir Careca, Jonas e o diretor Geral Pedro Miranda, seguiram pós sessão para o gabinete do prefeito, e depois foram participar de um jantar regado a picanha e carnes nobres.

Ontem, segunda-feira (13), o pedido de Informações sobre a Guarda Municipal entrou na pauta da sessão. O vereador Leonardo explanou sobre a importância dos vereadores ficarem inteirados sobre o assunto, e ter argumentos para explicar à população sobre o que está ocorrendo.

O vereador Maurinho disse ao vereador Leonardo que existe uma lei federal que permite o prefeito alterar a mudança de uma guarda para a outra, sem precisar do aval dos vereadores. Este vereador também disse que os Guardas Municipais já estão até usando a roupa azul-marinho que é a identificação adequada desses profissionais e que o prefeito não tem que explicar nada. Imediatamente o vereador Leonardo deu como resposta ao seu colega parlamentar: “- O meu pedido de informações é para o Poder Executivo e não para o nobre parlamentar”. Resultado, os vereadores Maurinho, Gilsinho, Jonas, Roseli, Vandir Careca e Claujunior votaram contra o pedido de informações elaborado pelo vereador Leo para ser encaminhado ao Poder Executivo.

Sendo assim, a população, os aprovados no concurso e demais pessoas interessadas neste assunto, ficaram sem resposta. Vereadores compactuando das possíveis armações do Poder Executivo podem ser enquadrados por Crime de Improbidade Administrativa.

Informação sobre os aprovados.

Ligando no RH da prefeitura, fomos informados sobre a forma de comunicar os candidatos para comparecem na prefeitura afim de ocupar a vaga. É feito publicação de chamamento do concurso via jornal Oficial.

Jornal oficial do município

Com sede em Pinhais o jornal que tem suas edições nas terças e quintas, e também publica, às sextas-feiras tem pequena circulação no município de Quatro Barras, sendo que a tiragem é reduzida e não alcança o objetivo. Para participar de uma licitação na prefeitura, a editora desse jornal instalou uma sucursal em frente à prefeitura. Funcionou somente na gestão do ex-prefeito Adamoski, em 2009 ao assumir a prefeitura, o prefeito Tolardo contratou por cargo comissionado a jornalista que atuava na sucursal, e esta fechou a sede local. Embora ainda conste na contra-capa que existe este endereço como sendo a sucursal, oque não é verdade. No local está instalado uma sede da CEF.

Dessa forma, com um pequeno número de edições entregues somente na prefeitura e câmara municipal, os aprovados no concurso ficam sem ter notícias. Existe uma lei que garante aos aprovados em concurso o chamamento via carta registrada e também ligação, além da publicação em jornal, a prefeitura de Quatro Barras não respeitou este quesito.

CONTRATADOS já ocuparam cargos comissionados na secretaria de Ordem Pública

Foi um tanto estranho a contratação dos aprovados não respeitando a ordem de classificação. Dentre todos os chamados, constam os nomes de muitos ex-servidores comissionados que atuavam nesta secretaria nos anos de 2012/2013 e 2014.

Vereador Leonardo Presa

O parlamentar Leonardo, foi procurado por alguns dos aprovados que se sentiram lesados, ou seja, não foram comunicados e precisam da vaga porque se encontram desempregados. Para obter maiores informações sobre o assunto protocou o pedido de informações e teve a recusa dos vereadores de base do prefeito.

Em visita informal ao promotor de Justiça da Comarca, o vereador foi instruído a repassar aos aprovados do concurso e que não foram comunicados para assumirem a vaga, para que se reúnam e entrem com um mandato de segurança contra o município, exigindo a contratação que lhe é de direito.

Quanto saber se pode ou não fazer a mudança de Guarda Patrimonial para Guarda Municipal, a prefeitura terá que comprovar na JUSTIÇA que foi realizado trâmite legal. E após o parecer jurídico da Promotoria do Patrimônio Pública e da Juíza responsável pela Comarca, estaremos publicando o resultado final desse impasse que até pode ser legal, mas é imoral.

Pedido de informações sobre a mudança de guarda Patrimonial para Guarda Municipal, elaborado pelo vereador Leonardo Presa não obteve sucesso na Câmara. Os vereadores de base do prefeito votaram CONTRA este pedido.

Pedido de informações sobre a mudança de guarda Patrimonial para Guarda Municipal, elaborado pelo vereador Leonardo Presa não obteve sucesso na Câmara. Os vereadores de base do prefeito votaram CONTRA este pedido.

Conforme publicado no Edital do Concurso Público da Prefeitura de Quatro Barras.

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES E REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO DE GUARDA PATRIMONIAL

Compete ao Guarda Patrimonial executar rondas diurnas ou noturnas nos logradouros, prédios, suas dependências e áreas adjacentes, verificando se portas, janelas, portões e outras vias acesso estão fechadas; examinar as instalações hidráulicas e elétricas, constatando irregularidades, para possibilitar a tomada de providências necessárias; exercer a vigilância de prédios, logradouros e bens públicos, inspecionando suas dependências para evitar danos; encarregar-se da abertura e fechamento das dependências dos órgãos corretamente, prevenindo furtos, roubos, incêndios e outros danos ao patrimônio público; proceder a vigilância de veículos, máquinas e equipamentos; redigir memorando destinado a pessoa ou órgão competente informando-o as ocorrências do seu setor, para permitir a tomada de providências adequadas a cada caso; executar a vigilância no sentido de proteger os bens artísticos, culturais, cívicos, ambientais, estéticos, históricos e outros; atender aos visitantes, identificando-os e encaminhando-os aos setores procurados; executar a vigilância junto aos escolares no sentido do bom cuidado com os espaços públicos e orientá-los quanto ao tráfico de drogas, roubo e marginalização nos espaços públicos; executar a vigilância junto aos escolares no sentido de orientá-los quanto ao bom uso dos espaços públicos e evitar a propagação da promiscuidade e pornografia e a ideia destruidora da família; participar de cursos, seminários palestras e outros eventos correlatos relacionados com o exercício do cargo, sempre que designado pelo Prefeito ou superior hierárquico; executar o monitoramento; executar outras atividades compatíveis com as suas atribuições quando determinado por superior hierárquico.

Vereador Angelo Andreatta (Lara-PMDB) solicita informações ao Executivo sobre implantação do Parque Linear próximo ao rio Timbu e vereadores da situação negam o pedido.

14 jul

O município ganhou de presente duas áreas da Sanepar, a do campo de futebol no Jardim Menino Deus e a outra que segue até o cruzamento do Rio Timbu, região onde deverá ser implantado o Parque Linear localizado na Rua Aristeu Luciano Adamoski .

requerimento 16 O vereador Lara elaborou dia 26 de junho e protocolou no dia 29 (segunda-feira), requerimento com pedido de informações quanto às definições junto ao Projeto do Parque Linear, elaborado através do acordo entre o município e a Sanepar. Área essa projetada na parte baixa do Jardim Menino Deus, próximo ao Rio Timbu.

No final do mandato do ex-prefeito Adamoski (2008), houve um acordo entre o município e a Sanepar, a Companhia de Saneamento do Paraná doou os terrenos para implantação do Campo de Futebol no bairro Jardim Menino Deus e do parque Linear, uma forma de corrigir e se desculparem pela implantação da ETE do Menino Deus (Estação de Tratamento de Esgoto), que muito prejudicou a população.

Entenda o que é! linear parelheirosOs parques lineares caracterizam-se como uma intervenção urbanística associada aos cursos d’água, principalmente aqueles associados ao tecido urbano, e tem como principal objetivo proteger e recuperar o ecossistema ligados aos corpos d’água, conectar áreas verdes e espaços públicos, controlar enchentes e propiciar áreas verdes destinadas a atividades culturais e de lazer

O vereador Angelo Andreatta justifica o seu requerimento, “há um interesse imenso da população para que seja concretizada a instalação desse espaço para uso da comunidade. Esta parceria contemplada pela gestão do PMDB em 2008, possibilitou a implantação do campo de futebol do JMDeus, Eu apenas solicitei um pedido de “informações” para acompanhar a concretização de mais este projeto, que a população de Quatro Barras foi presenteada. Existe a chance de que, junto ao Conselho do Desenvolvimento Econômico e Social, se estabeleça medidas futuras para sua instalação. Não obtive êxito no meu pedido”, declara aborrecido o parlamentar Angelo Andreatta. Localização A área a ser implantada o Parque, localiza-se na Rua Aristeu Luciano Adamoski, muito próxima ao Complexo Logístico Tolardo, é um bosque de preservação ambiental porque ali está uma concentração imensa de árvores nativas e também um afluente da Barragem do Irai, o Rio Timbu e um afluente seu. Importante citar que este afluente do rio Timbu, teve grande parte de seu percurso destruído, ou melhor, manilhado, desde o Portal na Entrada de QBarras, até a a Rua João Knapik, situação esta que acabou com a mata ciliar, infelizmente está dentro da área que pertence ao prefeito Loreno e sócios. Opinião Muito estrado o presidente Toto Creplive não colocar na pauta de segunda-feira (6). Devido a questionamentos do vereador Lara naquela sessão, o presidente colocou na pauta da sessão do dia 13, e como que, combinados, os vereadores Gilsinho, Maurinho, Claujunior, Careca, Roseli e Jonas votaram CONTRA o pedido de informações. Algo que não está soando bem……nascentes e rios foram semi-destruídos para a implantação de faraônicas construções (o porto seco do prefeito). Lembrando que após a sessão plenária na noite de segunda (6), os referidos vereadores que foram ontem (13) contra este pedido, saíram para jantar com o prefeito pós sessão. Podemos acreditar que não ocorreu interesse das gestões 2009-2012 / 2013-2016 de colocar em prática esta parceria com a Sanepar. Somos sabedores de que o prefeito Loreno não é um defensor da natureza, e muito menos preserva o Meio Ambiente. Mostra disso é a destruição ambiental que ele ocasionou com a mudança de zoneamento de parte de sua fazenda, próxima a APA do Irai e das imediações do Parque Estadual Serra da Baitaca, para atingir seus interesses particulares. A Pérola da noite O vereador Maurinho dos Santos, que sabe apenas pedir lombadas, sugerir nomes de ruas e nunca elabora algo produtivo e importante para a comunidade, justificou sua negativa ao vereador Lara. “Acho que não precisa elaborar nenhum pedido. Nós sabemos que a Sanepar vai cumprir com seu acordo de implantar 100% de esgoto urbano em nosso município até 2032/2042”, disse. Eu pergunto: – “Vereador Maurinho, estava cochilando? -Ninguém questionou esgoto naquele momento, o pedido era pra informações sobre a implantação do Parque. Se esperte pequeno parlamentar”. Votaram contra o pedido de informações sobre o Parque Linear, os vereadores pequeno parlamentar Maurinho, Gilsinho, o diretor do colégio Arlinda e vereador Claujunior (campeão das diárias de viagens – (como ele consegue viajar 5/10 dias ao mês e ainda ser diretor de um estabelecimento de ensino??), também votou contra a vereadora Roseli, Vandir Careca e Jonas. A favor do pedido de informações o autor do requerimento, Lara e o vereador Leonardo. E nós comunidade ficamos sem informações desse projeto, devido a falta de interesse dos parlamentares da situação e do próprio Executivo.

Serviço de terceirização de limpeza pública se aproxima dos R$ 5milhões no município de Quatro Barras

7 jul

O valor próximo de R$ 5 milhões de reais estão contabilizados apenas na segunda gestão do prefeito Tolardo.

Conforme declarou a sra Albertina, a situação caótica voltou igual ocorreu em 2013, lixeiras transbordando e ausência de um serviço eficaz. (Fotos Cris Fortes).

Conforme declarou a sra Albertina, a situação caótica voltou igual ocorreu em 2013, lixeiras transbordando e ausência de um serviço eficaz. (Fotos Cris Fortes).

CUSTOU CARO PARA O MUNICÍPIO PORÉM O SERVIÇO ERA DE QUALIDADE

Após 18 meses de contrato, a Transresíduos – Transporte de Resíduos Industriais Ltda, responsável pela coleta de lixo em Quatro Barras, teve o seu contrato finalizado. A empresa prestou serviço ao município de janeiro de 2014 a junho de 2015, venceu licitação no valor de R$ 1.588.000,00 (Um milhão quinhentos e oitenta e oito mil reais) e realizava o serviço de coleta com dois caminhões compactadores de resíduos orgânicos e um caminhão baú para a coleta de materiais recicláveis. A comunidade sentia-se satisfeita com a coleta dos resíduos de forma eficaz.
A partir de segunda-feira (6/7), a prefeitura retomou este trabalho através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Conforme informações, para esta tarefa serão utilizados doze servidores públicos para a coleta e os caminhões para o serviço, serão os antigos da frota. Destacamos que o prefeito Loreno Tolardo, quando assumiu a administração em 2009, herdou a frota deixada pelo ex-prefeito Adamoski, três caminhões para lixo orgânico e dois caminhões baú para lixo reciclável, e que nos últimos sete anos de gestão, Tolardo não investiu nem um centavo em equipamentos ou transporte para esta atividade, muito menos no salário dos servidores (apenas reposição inflacionária – R$ 788,00 é a remuneração dos servidores para este trabalho).

A coleta do lixo reciclável ocorria 3x semana no bairro Itapira (2ª, 4ª e sábado), isso deixou de ser feito.

A coleta do lixo reciclável ocorria 3x semana no bairro Itapira (2ª, 4ª e sábado), isso deixou de ser feito.

TERCEIRIZAÇÃO PARA AMIGO E PARENTE

É notório que este governante, realiza inúmeros contratos de terceirização. Para o transbordo de lixo foi pago de 6/11/2013 a 13/04/2015 em 17 meses R$ 540.196,00 para a empresa MJ Michelon Transportes, que pertence ao tio do prefeito o qual tem uma carreta que leva os resíduos sólidos para o Aterro Sanitário na Fazenda Rio Grande, conforme informações o total licitado é de R$ 690.942,00.

Para a empresa RODOMASTER Transporte que pertence ao agente penitenciário, ex-secretário de Meio Ambiente e amigo do prefeito, Laertes Andreatta, os valores  são satisfatórios, a sua micro empresa que faz roçada no município e a coleta de caliça, recebeu de 16/04/2014 a 30/06/2015, ou seja em 14 meses, o valor de R$ 1.701.795,00; segundo relatos de pessoas ligadas ao recebimento das notas, o total licitado chega a R$ 2.487.309,00, dessa forma ainda resta R$ 800 mil para gastar em serviço de roçada. É impactante o gasto com essa empresa, no mês de fevereiro foram emitidas seis notas fiscais totalizando R$ 124.456,00 – referente a quatro serviços de coleta de caliças no valor de R$ 27.400,00 cada nota e o serviço de 295 km de roçada no mês de janeiro custando R$ 235,00 o km roçado, é assustador.

Para a empresa TRANSRESÍDUOS, a qual não tem vínculo com o administrador público, a prefeitura pagou pelo serviço R$ 1.588.000,00 (Um milhão quinhentos e oitenta e oito mil reais), um alto valor que saiu dos cofres públicos, dinheiro esse dos contribuintes, que de acordo com moradores do bairro Itapira, foi válido pela qualidade, pontualidade e eficiência na realização do trabalho feito por profissionais qualificados e responsáveis.

Somando os valores que o gestor empenhou em serviço terceirizado para limpeza pública,  Transresíduos R$1.588.000,00, MJ Michelon R$ 690.942,00 e para a Rodomaster R$ 2.487.309,00, totaliza R$ 4.766.251,00 (quatro milhões, setecentos e sessenta e seis mil, duzentos e cincoenta e um reais)…….um abuso com o dinheiro público, sendo este total gasto apenas nessa segunda gestão.

LICITAÇÃO PARA NOVOS CAMINHÕES
A prefeitura de Quatro Barras publicou licitação para aquisição de 02 (dois) caminhões coletores e compactadores de lixo e 02 (dois) caminhões furgões para carga seca 4×2 no valor de R$ 858.255,56 (oitocentos e cinqüenta e oito mil, duzentos e cinqüenta e cinco reais e cinqüenta e seis centavos). A licitação ocorrerá no dia 15 de julho, e o prazo para a entrega dos caminhões poderá ser de até 60 dias.

Na opinião do vereador Leonardo Presa, o valor pago pela prefeitura de Quatro Barras para a terceirização do serviço à empresa de coleta, R$ 1.588.000,00 (Um milhão quinhentos e oitenta e oito mil reais), daria para comprar sete caminhões para a frota permanente da prefeitura e ainda sobraria dinheiro. “Em dezembro de 2013 eles licitaram o serviço por um período de 12 meses, e agora observamos a licitação para compra de quatro caminhões, no valor de R$ 858.255,56 (oitocentos e cinqüenta e oito mil, duzentos e cinqüenta e cinco reais e cinqüenta e seis centavos), na minha opinião deveriam ter comprado há mais tempo esses veículos. Sou contra a terceirização de determinados serviços, principalmente quando os valores pagos são elevados”. Finaliza dizendo que a prefeitura poderia estar com a frota renovada há mais tempo.

COMPACTADOR D ELIXO

A prefeitura publicou licitação para aquisição de 02 (dois) caminhões coletores e compactadores de lixo e 02 (dois) caminhões furgões para carga seca 4×2 no valor de R$ 858.255,56 que acontecerá dia 15 de julho. (Foto ilustrativa).

Importância da separação
Nos dias em que ocorre a coleta seletiva, os moradores devem utilizar os sacos vermelhos para armazenar embalagens como plástico, garrafas pet, jornais (papel) latas e vidros. Este material tem como destino a Associação de Catadores Verde Iraí, que reutiliza o material, evitando mais descartes no meio ambiente. A Prefeitura também orienta a comunidade para que coloque os sacos nas lixeiras somente nos dias pré-determinados da coleta.

A reciclagem reduz, de forma importante o impacto sobre o meio ambiente: diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia e reduz a disposição inadequada do lixo. Além disso, é fonte de renda para os catadores.

O que é reciclável?
É reciclável todo o resíduo descartado que constitui interesse de transformação de partes ou o seu todo. Esses materiais poderão retornar à cadeia produtiva para virar o mesmo produto ou produtos diferentes dos originais.
Por exemplo: Folhas e aparas de papel, jornais, revistas, caixas, papelão, PET, recipientes de limpeza, latas de cerveja e refrigerante, canos, esquadrias, arame, todos os produtos eletroeletrônicos e seus componentes, embalagens em geral e outros.

Como separar o lixo doméstico?
Não misture recicláveis com orgânicos – sobras de alimentos, cascas de frutas e legumes. Coloque plásticos, vidros, metais e papéis em sacos separados.
Lave as embalagens do tipo longa vida, latas, garrafas e frascos de vidro e plástico. Seque-os antes de depositar nos coletores.
Papéis devem estar secos. Podem ser dobrados, mas não amassados.
Embrulhe vidros quebrados e outros materiais cortantes em papel grosso (do tipo jornal) ou colocados em uma caixa para evitar acidentes. Garrafas e frascos não devem ser misturados com os vidros planos.

O que não vai para o lixo reciclável?
Papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos, fotografias, filtro de cigarros, papéis sujos, papéis sanitários, copos de papel. Cabos de panela e tomadas. Clipes, grampos, esponjas de aço, canos. Espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana. Pilhas e baterias de celular devem ser devolvidas aos fabricantes ou depositadas em coletores específicos.

.
Serviço: Em caso de dúvidas ou reclamações, a população pode entrar em contato com o Departamento de Meio Ambiente, pelo número: (41) 3671-8885.

Cincler Trevisan, paratleta quatrobarrense de bem com a vida dá exemplo de superação em competições nacionais e internacionais

12 jun
Cincler Trevisan, um jovem comemorando sempre, as conquistas no esporte e o milagre de ter sobrevivido a um grave acidente que o deixou paraplégico. As medalhas são algumas da muitas de sua valiosa coleção.

Cincler Trevisan, um jovem comemorando sempre, as conquistas no esporte e o milagre de ter sobrevivido a um grave acidente que o deixou paraplégico. As medalhas são algumas da muitas de sua valiosa coleção.

Um pouquinho atrasado chega para nossa entrevista, aquele jovem lindo, com uma barba rala, cabelo espetado com gel e um sorriso de ponta a ponta. Fazendo acrobacias com seu meio de locomoção, a cadeira. O jovem Cincler Trevisan transforma o ambiente e é um exemplo de força de vontade. Alegre e de bem com a vida, eu lhe pergunto: – Voce teve dificuldades em chegar até aqui? Afinal, sabemos que em Quatro Barras, as rampas de acesso e as calçadas são horríveis para todos. Ele mais do que depressa diz: – Deixei meu carro próximo à loja que tem ao lado da panificadora, não tive dificuldades para chegar.

O acidente

O jovem sofreu acidente automobilístico em 22 de setembro de 2001, (há 14 anos). Voltava da balada com um amigo, o motorista alcoolizado perdeu o controle do veículo, capotou e Cincler sofreu as maiores consequências. Ficou três dias em coma e paraplégico. A tia e a mãe lhe davam banho, passou momentos de dor e sofrimento. Muitas cirurgias e no dia 9/9/2003 passou a frequentar a ADFP, onde reaprendeu tudo. Na Associação dos Deficientes Físicos do Paraná, Cincler ganhou nova chance de retomar às atividades que poderiam lhe devolver a oportunidade de sentir-se inserido novamente na sociedade de forma mais natural. Ele foi claro ao dizer que tinha vergonha de ter se tornado um cadeirante, mas agradece sempre a Deus por ter lhe dado a chance de estar vivo.

Cincler é atleta, tenista – de mesa e de campo, e representa a ADFP nas competições nacionais e internacionais. Participou de campeonatos brasileiros e Copa do Brasil, Sulamericanos e competições regionais. Conhece quase todas as capitais brasileiras e viajou para o exterior representando o Brasil. Na Argentina, ficou em 3º lugar individual e na Costa Rica, conquistou o 3º lugar dupla. Foi bronze em ambas.

É bolsista do Ministério do Esporte e presta contas de todos os equipamentos e acessórios que adquire com os recursos da bolsa. Tem apoio da SMEL- Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Curitiba. E recentemente fez duas viagens, uma a Piracicaba, de carro com outro atleta para competir. E para o Rio de Janeiro, onde foi pódio no Campeonato Brasileiro 2015. “Da hospedagem ao local de competição rodávamos 60Km de ida e mais 60km de volta. Trânsito, cansaço, mas tudo vale a pena. Todo sacrifício é válido. Minhas 35 medalhas foram conquistadas com dificuldades, suor, persistência e vontade de vencer”, diz o jovem.

Ele é um atleta sorridente que adora cinema, shopping, churrasco e bate papo com os amigos Paulinho Boiadeiro, Adilson, Almir Abeia e Carneirinho são os companheiros de fim de semana, conversas descontraídas e animados festerês.  Fala que preconceito  é a “opinião de quem não tem conhecimento”. E que vale a pena estar vivo, fazer o que gosta e se superar a cada desafio.

Um sonho, um desejo e vontade: – “participar de uma ParaOlimpíada.

Os jovens atletas de tênis de mesa, Cincler Trevisan e Marinice de Mello Vieira.

Os jovens atletas de tênis de mesa, Cincler Trevisan e Marinice de Mello Vieira.

Terminal rodoviário Pedro Taborda Ribeiro será reformado

12 jun
Terminal Rodoviário Pedro Taborda Ribeiro inaugurado há 20 anos na gestão Repinoski, (governo Lerner) e revitalizado por Roberto Adamoski. Após muitos requerimentos dos vereadores Leonardo Presa e Angelo Andreatta, receberá reforma.

Terminal Rodoviário Pedro Taborda Ribeiro inaugurado há 20 anos na gestão Repinoski, (governo Lerner) e revitalizado por Roberto Adamoski. Após muitos requerimentos dos vereadores Leonardo Presa e Angelo Andreatta, receberá reforma.

Requerimento do vereador Leonardo Presa, com data de 19 de maio de 2014, onde ele solicita ao Executivo pinrura, manutenção elétrica, reforma dos banheiros, construção de rampas e reparos no calçamento.

Requerimento do vereador Leonardo Presa, com data de 19 de maio de 2014, onde ele solicita ao Executivo pinrura, manutenção elétrica, reforma dos banheiros, construção de rampas e reparos no calçamento.

Requerimento do vereador Angelo Andreatta (PMDB) em 9 de fevereiro requerendo ao prefeito a reforma do terminal rodoviário.

Requerimento do vereador Angelo Andreatta (PMDB) em 9 de fevereiro requerendo ao prefeito a reforma do terminal rodoviário.

A sessão plenária realizada na segunda-feira (23 de fevereiro, a 1ª do ano), foi de extrema importância aos quatrobarrenses. Buscando atender as reivindicações da população, o vereador Lara protocolou oito indicações solicitando diversos benefícios à comunidade. A Indicação 09/2015 pede a reforma emergencial no terminal rodoviário de Quatro Barras. O parlamentar justifica que os usuários e munícipes necessitam de um terminal rodoviário descente, com melhores condições estruturais, possuindo melhores banheiros, iluminação, segurança, mobilidade, acessibilidade, limpeza, conservação e um mapa informativo do município para atender turistas e visitantes.

A estrutura deficiente do Terminal Rodoviário Pedro Taborda Ribeiro em Quatro Barras é um problema bastante conhecido pelas milhares de pessoas que precisam passar diariamente pelo local.

Inaugurado há aproximadamente 20 anos (gestão Repinoski 93/96 e Lerner 95/98, o espaço passou por apenas uma reforma e pintura na gestão do ex-prefeito Roberto Adamoski, não recebendo obras de revitalização ou ampliação), há anos, o local submete os usuários do transporte rodoviário a um desconforto extremo. Além disso, muitos passageiros reclamam da ausência de limpeza nos banheiros e bancos insuficientes para os que aguardam os ônibus.

Buscando uma solução para o problema, o parlamentar Angelo Andreatta (Lara-PMDB) fez visita ao terminal e usou a tribuna da Câmara para denunciar a situação de abandono.

“Este terminal Rodoviário é administrado pela prefeitura Municipal de Quatro Barras. E ao contrário do que a comunidade pensa, a empresa de transporte rodoviário, Viação Castelo Branco não tem comprometimento na limpeza, manutenção, reforma ou ampliação do espaço que a mesma utiliza para uso das linhas de ônibus”.

Em entrevista exclusiva ao Metropolitan´s, o vereador questiona a falta de apoio e estrutura adequada. “Como o administrador público, e nem mesmo os empresários proprietários da empresa necessitam utilizar as linhas de ônibus, ficam sem saber a situação em que se encontra este terminal. O departamento de engenharia da prefeitura deveria fazer uma visita a este local e avaliar a necessidade urgente de trocar estrutura e revitalizar o espaço para dar mais qualidade de uso aos passageiros”, declarou.

TERMINAL SERÁ REFORMADO

Após o requerimento dos vereadores Leonardo Presa (2014) e Angelo Andreatta (2015), finalmente acontecerá a reformada tão esperada.

O edital de Tomada de Preços nº 02/2015 apresenta a proposta de preços através de licitação da  contratação de empresa para reforma do Terminal Rodoviário Pedro Taborda Ribeiro. O valor máximo da licitação é de R$ 194.525,50 (cento e noventa e quatro mil, quinhentos e vinte e cinco reais e cinqüenta centavos). A licitação ocorreu no dia 9 de junho, e quem venceu foi a construtora Camargo & Camargo construções e serviços Ltda (valor de R$ 161.500,00). Existem prazos para as publicações e possivelmente até o final do mês de junho as obras estejam iniciadas.

Tenista quatrobarrense é a 3ª no Ranking Nacional

10 jun

Ao combinar com os jovens Marinice e Cincler um café da tarde com entrevista, na Panificadora e Confeitaria Monaliza, não imaginava o quanto seria positivo e otimista conversar e receber uma gigantesca carga de ânimo e alegria. Sim! Os paratletas são guerreiros e vencedores.

Tenista quatrobarrense Marinice de Mello Vieira, medalha de bronze no Campeonato Brasileiro Paraolímpico 2015.

Tenista quatrobarrense Marinice de Mello Vieira, medalha de bronze no Campeonato Brasileiro Paraolímpico 2015.

Ela é de Quatro Barras, e aos 17 anos sofreu um AVC hemorrágico, o qual lhe causou paralisia do lado esquerdo do corpo. Durante dois anos, ficou aguardando vaga para fisioterapia, acomodou-se em casa, e foi ficando atrofiada. Quando conseguiu a vaga para fisio na Unidade de Saúde em Quatro Barras, foi encaminhada também para a Associação dos Deficiente Físicos do Paraná.

Na ADFP, Marinice fez fisioterapia, fono e terapia ocupacional. Após três anos de tratamento, em 2002 ingressou no esporte, na modalidade tênis de mesa. A paratleta revela que iniciou uma nova etapa em sua vida. “Sem perceber, a evolução no corpo e na mente foi acontecendo, tive fortalecimento nas pernas, os movimentos foram voltando, os músculos paralisados acordaram, e eu abandonei a cadeira de rodas. Hoje uso apenas o auxílio da bengala. Posso me locomover para onde desejo. Existem ainda algumas limitações, o braço esquerdo permanece paralisado, mas consigo ir aonde desejo”, relata.

Exemplo de superação é pouco para ilustrar a vida da quatrobarrense que é a 3ª no Ranking Brasileiro. Ela acorda diariamente, às 5h…toma uma rápido café, faz uma arrumação “básica” na pequena residência onde mora. Segue para o ponto de ônibus, às 7h embarca no alimentador São Pedro, depois o Quatro Barras/Curitiba. Chega no terminal Guadalupe e mais um transporte coletivo, o Guadalupe/Pinhais. No alto da XV ela desce e segue para a sede da ADFP. Toma um delicioso café da manhã, e das 9 às 12h treino puxado. Encerra e no local almoça. Depois a rotina dos ônibus, chegando em QBarras, ela segue para a academia UP, próxima ao terminal rodoviário. Treina das 15 às 16h, com acompanhamento de dois personal Training. Retorna para casa, banho frio (sim – devido à dificuldade em cortar um pinus, não foi possível concluir a instalação de luz elétrica em sua humilde residência. A prefeitura não agiliza o procedimento, comenta desanimada a nossa campeã)….. Após o banho frio, um lanche rápido e ela segue para o ponto de ônibus. Agora embarca no escolar, vai para o curso Técnico Administrativo (concluiu o ensino médio e segue agora para um profissionalizante). Volta às 23h e além do jantar, preparar material, mochila para a manhã do dia seguinte.

Lhe pergunto se ela não cansa. Marinice é espontânea na resposta. “Gosto dessa correria, de ter meu tempo atarefado. É cansativo, mas muito gostosa essa agenda lotada. Não consigo ficar sem os treinos na ADFP, adoro a academia Up onde todos são queridos e me apoiam, meu convívio no Colégio Arlinda onde aprendo mais e fico mais culta me revigora. Chega o fim de semana, eu torço para vir logo segunda onde reinicio a minha rotina. Tudo vale a pena”, enfatiza.

“De 2002 a 2015, são treze anos de competições. Algumas poucas decepções. Porém muitas medalhas, onde eu olho e pego uma a uma, são 34 ao todo. E digo: ‘Valeu a pena toda dedicação e sacrifício’.

A nossa medalhista quatrobarrense, chegou há poucos dias do Rio de Janeiro, onde competiu no campeonato brasileiro. “Disputei a semi-final com a tenista de Joinvile. Perdi e ela disputou o ouro com a finalista de Goiânia que obteve êxito. Assim fiquei com o bronze. Estou feliz porque sou a terceira no ranking nacional”. E completa, “estou me preparando para a Copa do Brasil, que será também no Rio de Janeiro em agosto”.

Dificuldades

Conversamos sobre os campeonatos, e surge o assunto $$ financeiro para viagens. Ela é bolsista desde 2009 e recebe um recurso mensal do Ministério do Esporte que auxilia no equipamento e material como, uniforme, raquetes, bolinhas, bolsa de viagem, e mais alguns itens necessários para treinar e competir, (tira nota fiscal e presta contas). Sobre as viagens, ela explica. “Conheço quase todo o Brasil, competi em várias capitais, e conheço lugares lindos. O mais difícil é viajar de ônibus, é cansativo, porém é somente de ônibus que tenho o transporte gratuito. Vou para qualquer lugar do país competir sem gastar na locomoção”, relata. “Porém necessito de ajuda para pagar inscrição, hospedagem, para alimentação e lanches. Geralmente procuro pessoas conhecidas para me auxiliar”. Ela fala com carinho sobre o apoio do empresário Malko, do Supermercado Oeste, “todas as vezes em que o procurei e pedi a ele para me ajudar dentro das suas possibilidades sempre fui atendida. Sou muito agradecida a ele”, comenta emocionada. Conta in off, que pede ajuda aos vereadores, “o Ângelo Andreatta me ajudou mais de uma vez, o Leonardo Presa colaborou com minha última viagem, e tem um vereador que me ajudou no passado e me disse quando voltei: – “Bronze de novo? Você não consegue a prata ou o ouro?” Isso me deixou entristecida, porque eu tento e quero sim. Porém as outras atletas que estão melhores preparadas que eu e não tem preocupação quanto a patrocínio, conseguem êxito, enquanto isso eu vou tentando melhorar. Quem sabe um dia trago o Ouro e mostro a ele que venci”.

– Penso comigo. “Guria, você já é vencedora. É melhor que todos nós juntos. Que esse vereador, tenha você como exemplo de vida e superação.

Ela complementa, “agradeço a Viação Castelo Branco que me auxiliou com R$ 100 reais para alimentação nos quatro dias que estive no Rio de Janeiro competindo no Campeonato Brasileiro, também agradeço à Academia Up de Quatro Barras, que me forneceu bolsa para melhorar o meu físico e aos personais trainers da UP que pagaram a minha taxa de inscrição desse campeonato no valor de R$ 130 reais. Sem o apoio deles eu não poderia ter participado do Brasileirão”.

Finalizo a reportagem lhe perguntando: – Um sonho de vida? E ela responde: – “Desejo ser ouro no Brasil, ou melhor, a número Um”.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 30 outros seguidores